10 frases em inglês que parecem certas – MAS NÃO ESTÃO!

What’s up, dudes? 

O post de hoje foi inspirado em um material que saiu na página da Exame sobre erros comuns da língua inglesa. Mesmo aqueles que se consideram avançados podem escorregar em um ou outro dos erros aqui apresentados.

Nós temos essa “ilusão” de estarem corretas pois tendemos a associá-las à estrutura da nossa própria língua. Quanto mais você se der conta das diferenças entre os idiomas, mais rápido irá aprendê-los.

1) I have to pay the meal
Em português: “Eu tenho que pagar a refeição”.
Por mais que a tradução dessa frase faça sentido (ao pé da letra), é preciso lembrar de algo importante: REGÊNCIA, que nada mais é do que entender as preposições exigidas por um verbo ou termo em geral. Ou seja, quando usamos o verbo precisar em português, automaticamente temos de colocar a preposição DE para completar o sentido dele. Em inglês, nem todas as preposições exigidas pelos termos serão iguais às do português, e vice-versa!
Assim, para a frase ficar correta, é preciso colocar a preposição FOR quando queremos dizer pelo que estamos pagando: “I have to pay for the meal”. Mas perceba que, se eu dissesse que iria pagar ao garçom, aí sim ficaria sem preposição: “I have to pay the waiter”.

2) We are responsible to deal with suppliers
“Nós somos responsáveis por lidar com fornecedores”
Essa é clássica, a diferença entre gerund e infinitive. Nem sempre quando usamos o infinitivo em português será o mesmo formato em inglês. Muitas vezes é exatamente o oposto, como é o caso desse exemplo. O correto é “We are responsible for dealing with suppliers”.
O fato de não haver uma regra específica dificulta a assimilação. O uso de gerund ou infinitive irá depender do verbo ou palavra que vier antes.

3) It is difficult to companies face the situation now
“É difícil para as companhias encararem a situação agora”
Outra “casca de banana”: a diferença entre TO e FOR. Sem me delongar muito – já que é preciso uma postagem inteira sobre o assunto – quando usamos a palavra DIFFICULT, temos de usar a preposição FOR. Assim, a frase fica melhor: “It is difficult for companies to face the situation now”.

4) Both have to open their minds
“Ambos têm de abrir a mente”
Ainda que essa frase seja usada no cotidiano, na linguagem informal, o ideal é sempre usar o BOTH com algum complemento, ou seja, contextualizar de quais estamos falando. Assim, podemos corrigir da seguinte forma: “Both of them have to open their minds”.
Fica outra dica: lembre que, depois da preposição OF, temos de usar os object pronouns.

5) I work at Google for 5 years
“Eu trabalho na Google por 5 anos”
Dessa vez acho que você vai ficar chateado/a comigo!  🤣
Essa frase pode até ser usada coloquialmente, numa conversa “de boas”, mas quando remetemos a tempo, usando a preposição FOR, o mais adequado é usar o Present Perfect. Em resumo, usamos esse tense quando algo que aconteceu no passado tem consequências no presente. Se pensar bem, o contexto é meio passado, meio presente…
Assim, o ideal seria: “I’ve been working at Google for 5 years”.

6) You have to get closer of your clients
“Você tem que se aproximar de seus clientes”
De novo, a questão aqui é PREPOSITION. Também quem vai mandar é a palavra, na verdade, a expressão “close to”, que significa “perto de”. O acréscimo do R na palavra “close” traz a ideia de “mais perto”, sendo o correto então: “You have to get closer to your clients”.

7) Let’s find other works
“Vamos encontrar outros trabalhos”
Ainda que a palavra “work” seja trabalho, quando queremos falar de função ou profissão, usamos mais o termo “job”. WORK é usado mais quando verbo, para remeter à ação em si. Por isso, a melhor forma de escrever a frase é: “Let’s find other jobs” ou “Let’s find another job”.

8) You can meet another person
“Você pode conhecer uma outra pessoa”
Gramaticalmente até podemos mantê-la assim, mas o contexto fica um pouco perdido, não tão bem definido. Uma forma comum de se usar essa frase seria: “You can meet someone else”, ou seja, “Você pode conhecer um outro alguém”. Também podemos corrigir assim: “You can meet other people” [“Você pode conhecer outras pessoas”]. Engraçado é que geralmente a primeira frase viria de um amigo te consolando depois de um término de namoro, enquanto a segunda seria o seu parceiro/a dizendo que não quer mais ser exclusivo…

9) I would like my wage would be higher
“Eu gostaria que meu salário fosse maior”
Aqui o problema é gramatical mesmo. Uma vez usando o WOULD em uma frase, não se deve colocá-lo novamente. Assim, para ficar correta é preciso fazer uma pequena adaptação, ainda que a tradução não faça sentido: “I would like my wage to be higher”.

10) I tried to find out what is her name
“Eu tentei descobrir qual é o nome dela”
Essa eu posso até perdoar, confunde mesmo os speakers
É que nós somos tão acostumados a fazer a pergunta trocando a ordem, que quando não é uma pergunta, continuamos trocando. Aí é exatamente onde está o erro: só coloque estrutura de question quando for de fato uma question!
Ainda confuso? Pois veja a forma correta: “I tried to find out what her name is
Se quiser se aprofundar, ou tentar entender melhor, esse conteúdo é chamado de Embedded Questions.

 

E aí, errou alguma? Conta pra gente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s