Culture, Fun facts

Traditional English breakfast

Quem já viajou, sabe como é bom tomar um café-da-manhã bem reforçado e diferente em algum hotel ou albergue – Oh God, deu até saudade… Como sexta é dia de postagens culturais, iremos falar sobre esse assunto delicioso: a Traditional breakfast.

Ao redor do mundo, existem muitas variedades culinárias, tantas que não dá para manter registro! Só que alguns são bastante tradicionais e como nosso foco é English, iremos falar sobre os breakfasts mais famosos de países falantes da língua inglesa.

Mas, antes de começarmos, é preciso que você conheça os pratos mais tradicionais:

  • hash browns ⇒ uma espécie fritura de batatas cozidas com cebolas fatiadas em pedacinhos pequenos.
  • home fries ⇒  são um tipo diferente de batatas fritas, que podem ser feitas até no microondas, mas que lembram a receita de batatas rústicas.
  • laver bread ⇒  uma espécie de panqueca feita com algas marinhas e aveia.
  • Potatoes O’Brien   receita feita com batatas fritas e cortadas, adicionadas de pimentões vermelhos e verdes, além de outros temperos.
  • French toast ⇒  conhecida como rabanada, consiste em pão de trigo fatiado e molhado em leite, vinho ou calda de açúcar, e depois passadas por ovos e fritas.
  • muffins ⇒  um tipo de bolinho individual, como um cupcake sem a cobertura.
  • bagels ⇒  pão com farinha de trigo fermentada, na forma de um anel feito à mão, e que primeiro é fervido em água para depois ser assado.
  • boxty ⇒  também chamado de fadge ou potato pancakes, são batatas finas e triangulares gratinadas em farinha, manteiga e ovos.
  • Soda bread ⇒  conhecido como pão de soda, é uma espécie de pão rústico integral.
  • Soda Farls ⇒  pão de soda em formato triangular, frito com gordura de bacon.
  • Canadian bacon ⇒  toucinho defumado e cozinho, fatiado em medalhões redondos (lembra um pouco o presunto).
  • tattie scones ⇒   semelhante a uma panqueca: massa aberta com rolo e assada, feita de farinha e batatas amassadas (purê sem sal nem leite). 
  • haggis ⇒  prato tradicional da cozinha escocesa e consiste num bucho de carneiro recheado com vísceras, ligadas com farinha de aveia.
  • oatcakes ⇒  tipo de pão achatado, mais parecido com uma bolacha ou um biscoito, preparados com aveia e farinha simples ou integral.
  • scrapple ⇒  receita feita com mingau de pedaços do porco, com temperos, fubá e farinha de trigo, no formato de um pão congelado semi-sólido.
  • pork roll ⇒  chamada ainda de “Taylor Ham”, é uma carne de porco processada, semelhante ao presunto.
  • rasher ⇒  conhecido como bacon inglês ou lombo de porco defumado.
  • cretons ⇒  receita originária de Quebec, representa uma espécie de patê feito com porco, cebola e alguns temperos.
  • grits ⇒  mingau feito de milho moído e cozido (lembra o mugunzá).

NORTH AMERICA

Tanto in the States quanto no Canadá, um café-da-manhã completo consiste de ovos, alguns tipos de carne, pão ou torrada e, às vezes, certo tipo de batata – hash browns, home fries, Potatoes O’Brien ou potato pancakes. Para os americanos, as ‘carnes’ são inclusas nas receitas de uma maneira mais sutil, como bacon, Canadian bacon, salsicha, presunto, scrapple, pork roll ou tipos variados de bife. Os canadenses preferem peameal bacon ou cretons, e no sul dos Estados Unidos, a preferência é por grits. Na categoria de ‘pães’, estão inclusas torradas, French toast, muffins, wafflesbagels e biscoitos. E para beber, geralmente optam pelo bom e velho café, ou um suco de laranja.

UNITED KINGDOM

O mundialmente famoso Full English Breakfast é mais saboreado aos finais de semana e férias. E mesmo estando em outros países, por exemplo, no Mediterrâneo ou em resorts na Espanha, é possível saboreá-lo em cafés e restaurantes. O termo ‘completo’ vem a calhar: além de alimentos comuns, como suco de café e frutas, essa refeição pode conter Black Pudding – que leva banha de porco na receita –  feijões cozidos e pão frito em gordura de bacon!

Minha opinião: apesar de beeem reforçado, achei um tanto estranho ver uns feijões brancos, mais parecidos com favas, e num molho que mais lembra ‘mugunzá’…

Conhecido ainda como ‘Fry-up’, o Full English Breakfast consiste de ovos fritos, salsichas, bacon, tomates, cogumelos, pão frito no bacon e uma fatia do chamado white/black pudding – uma espécie de linguiça feita com sangue. Também pode conter chá, café, torradas amanteigadas, feijões assados e hash browns.

Entretanto, além desses itens mais comuns, é possível acrescentar – dependendo da região – alguns dos seguintes: crumpets, kippers, bubble and squeak, corned beef hash, devilled kidneys, kedgeree, Derbyshire oatcakes, Arbroath smokies, bannocks, herring, haggis, laver bread, Penclawdd cockles, vegetarian sausage, Crempog ou wheaten bread (talvez em um próximo momento, posso explicar melhor o que são esses daí…)

 

 

AUSTRALIA and NEW ZEALAND

O breakfast comum desses países mais ao sul lembra muito os dois que acabamos de explicar. Também inclui bacon, ovos, hash browns e salsichas. Como opção mais ‘bizarra’, estão incluídos queijo, tomate, churrasco e molho Worcestershire – mais conhecido como molho inglês. Os pães são usados de base para a maioria das receitas, como exemplo, o pão ou torrada que se usa para fazer um sanduíche de bacon and eggs. Outra boa alternativa de substituição dos pão são os muffins.


IRELAND

Se você for na Irlanda, verá placas em todos os lugares de comida, desde pontos de conveniência a restaurantes gourmet, com os dizeres: “Full Irish Breakfast”, “Traditional Full Irish”, “Ulster Fry Breakfast” ou ainda “Irish Fry Up”. Nas casas, esse breakfast é algo mais  Todos esses nomes representam a mesma coisa: café-da-manhã tradicionalmente servido há anos na Irlanda. E tal menu inclui: salsichas, Irish rashers, ovos fritos, cogumelos, feijões, tomates, boxty, potato pancakes, Soda Farls, soda bread e black pudding.

Costuma ser servido apenas em ocasiões especiais e finais de semanas, pois tende a ser uma comida um tanto ‘pesada’, mas muitos B&B’s (Bed&Breakfast), lanchonetes de estrada e restaurantes oferecem sua versão do Full Irish breakfast. Cada área tem seu próprio modelo do breakfast, mesclado com as especialidades e favoritismos da região.


SCOTLAND

Pelo que já vimos, um breakfast comum começa com suco de laranja, café, torrada, cereais e frutas; o Full breakfast adiciona bacon e ovos, salsichas, tomates, cogumelos, chá e até marmelada. A diferença de um Full Scottish é que pode acrescentar Scottish bacon, black/white pudding, tattie scones, haggis e oatcakes. Já o Full Welsh é muito similar ao café-da-manhã escocês, mas é servido com laver bread ou laver cakes.

 

 

 

Apesar de comumente consumidas no período da manhã, algumas das receitas descritas aqui também podem ser feitas durante o resto do dia, como almoço ou brunch, exatamente por conterem altas doses de proteína, com suas carnes e bacons.

Inspirado/a para fazer um café diferente amanhã? I hope so!

 



Fontes:

https://en.wikipedia.org/wiki/Full_breakfast
https://www.thespruce.com/what-is-a-full-breakfast-435324 https://xyuandbeyond.com/full-irish-a-traditional-breakfast-feast/
http://www.historic-uk.com/CultureUK/Traditional-English-Breakfast/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s