Grammar

Saiba o que são AUXILIARY VERBS e como utilizá-los

Os verbos auxiliares são estruturas fundamentais na língua inglesa que estão entre as dúvidas mais frequentes dos estudantes, até para quem já tem uma boa noção do idioma. Verbos auxiliares são verbos cuja função é ‘ajudar’ o chamado ‘verbo principal’ em uma oração. Esses auxiliary verbs podem ter tradução – ou não! – conforme seu tipo.

Também chamados de helping verbs, possuem basicamente duas funções: definir o tempo verbal (presente, passado ou futuro) e indicar o tipo de frase (afirmativa, negativa ou interrogativa).

O tempo verbal será definido pelo auxiliar: dependendo da forma que este aparecer, será o tempo da frase. Por exemplo: “She is studying” [“Ela está estudando”] representa tempo presente, já “She was studying” [“Ela estava estudando”] é uma afirmação no passado – perceba que apenas o auxiliar foi alterado.

Para indicar o formato da sentença, devemos observar o auxiliar; em cada uma delas, este terá uma posição diferente. É possível inclusive que nas afirmativas ele sequer apareça, e.g.I like chocolate” [“Gosto de chocolate”]. Se ele aparecer, estará após o sujeito: “They will come” [“Eles vão vir”].

Na forma interrogativa, o verbo auxiliar vem antes do sujeito, como em “Did you cook?” [“Você cozinhou?”]. Caso haja um pronome interrogativo na pergunta, o verbo auxiliar é usado depois desse pronome e antes do sujeito.

Em negações, o que ocorre é a contração do NOT com o auxiliar, e essa contração aparece também depois do sujeito: “They will not come” ficará “They won’t come” [“Eles não virão”]. Pode-se ainda criar frases negativas interrogativas, sempre com tom de surpresa. Em tais casos, haverá a contração com o NOT, que virá antes do sujeito: “Didn’t you cook?” [“Você não cozinhou?”].

Em geral, existem 4 verbos que são considerados auxiliares: TO BE, TO HAVE, TO DO e MODAL VERBS. Atente que, tanto o ‘to be’ quando os ‘Modals’ podem ser os únicos presentes em uma frase, assim serão considerados auxiliares de si mesmos! Além disso, os verbos TO HAVE e TO DO podem aparecer como verbos principais, com sentido pleno.

Antes de explicar cada um deles, observe que não é possível utilizar mais de um verbo auxiliar ao mesmo tempo. Veja os exemplos:

“Do I can go there with you?”          “Can I go there with you?”        [Posso ir lá com você?”]
Does he will come to dinner?”         “Will he come to dinner?”       [Ele virá para o jantar?”]

 

1. TO BE

Este verbo pode auxiliar a si mesmo, caso não haja nenhum verbo principal. Significa ‘ser’ ou ‘estar’, o TO BE deve ser utilizado quando a ideia a ser passada for de característica (qualidades e defeitos) ou condição, podendo estas serem temporárias ou permanentes. Nestas frases, o verbo será auxiliar e principal ao mesmo tempo!

        Permanente =My neighbor is a doctor.” [“Meu vizinho é médico.”]
        Temporária =We were the champions in 94!” [“Nós fomos os campeões de 94!”]

Além de usadas com qualidades, o TO BE poderá ser usado tanto em frases progressivas quanto na voz passiva. Nesses casos, o verbo será apenas auxiliar, já que há o verbo principal. Observe:

        Progressive phrase = “She’s making dinner now.” [“Ela está fazendo o jantar agora.”]
        Passive voice = “This present was given to Jane.” [“Este presente foi dado à Jane.”]

Mesmo sendo auxiliar ou principal, podemos fazer a contração do verbo TO BE com o NOT em frases negativas. Observe como ficam:

IS NOT = ISN’T        ARE NOT = AREN’T      WAS NOT = WASN’T      WERE NOT = WEREN’T

ATTENTION! Não confunda WENT (passado de TO GO: ir a algum lugar) com WAS e WERE (passado do TO BE: ser ou estar), apesar de serem iguais em português. Observe:

            Fui uma criança muito danada.”  =>  “I was a very naughty kid.
            “Eu fui à praia à pé.”  =>  “I went to the beach on foot.

 

2. TO DO

Pode tanto representar um auxiliar quanto ser verbo principal com a tradução de ‘fazer’. Como verbo principal, segue o exemplo: “I do yoga.” [“Eu faço yoga.”]. Suas variações são no Simple Present DO e DOES, e no passado DID.

        Simple Present = “Do you need help?”   [“Você precisa de ajuda?”]
        Simple Past = “He did not study yesterday.”   [“Ele não estudou ontem.”]

Quando for auxiliar, é possível fazer a contração do NOT com o DO em frases negativas. Observe como ficam as contrações:

        DO NOT = DON’T             DOES NOT = DOESN’T              DID NOT = DIDN’T 

Na afirmativa, não se usa DO, DOES nem DID, a não ser quando se deseja dar ênfase:

I work every day.”  =>  “I do work every day.”     [“Eu trabalho todos os dias.”]
He watched the movie.” =>  “He did watch the movie.”    [“Ele assistiu ao filme.”]

ATENTTION! Como o verbo TO DO pode ser auxiliar e principal, em interrogativas e negativas do verbo ‘fazer’ aparecem duas formas dele. Veja a seguir:

They don’t do pilates on Saturdays.”        [“Eles não fazem pilates aos sábados.”]
Did Jason do his homework?”            [“Jason fez a tarefa de casa dele?”]

 

3. TO HAVE

Assim como o TO DO, este verbo pode tanto ser auxiliar quanto principal, significando ‘ter’. Quando auxiliar, ele é usado nas frases nos tempos Perfect, com as seguintes variações: HAVE, HAS e HAD. Veja os exemplos:

        Present Perfect =We have done a lot so far.” [“Fizemos muito até agora.”]
        Present Perfect Continuous =I’ve been following you for a long while.” [“Tenho seguido você por um longo tempo.”]
        Past Perfect =Princess Diana had been a great ruler.” [“Princesa Diana fora uma ótima governante.”]

Nos três tempos verbais, é possível fazer a contração do NOT com o HAVE em frases negativas. Observe como ficam as contrações:

        HAVE NOT = HAVEN’T             HAS NOT = HAVEN’T              HAD NOT = HADN’T     

 

4. MODAL VERBS

Os verbos modais também podem ser considerados auxiliares, e possuem diversos significados e usos. Já demos uma explicação sobre eles; se quiser se aprofundar nos modais, veja nosso POST. Veja os exemplos:

He cannot cook.”      [“Ele não sabe cozinhar.”]
Could I talk to you?”     [“Eu poderia falar com você?”]

Nos três tempos verbais, é possível fazer a contração do NOT com o HAVE em frases negativas. Observe como ficam as contrações:

        HAVE NOT = HAVEN’T             HAS NOT = HAVEN’T              HAD NOT = HADN’T 

 

Gostou das explicações? Caso ainda tenha dúvida, deixe aqui nos comentários!

 


Fontes:
http://www.chompchomp.com/terms/auxiliaryverb.htm
http://www.talkenglish.com/grammar/auxiliary-verbs-be-do-have.aspx
https://www.englishexperts.com.br/verbos-auxiliares-em-ingles-quais-sao-e-exemplos-de-uso/

5 comentários em “Saiba o que são AUXILIARY VERBS e como utilizá-los”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s