Fun facts, News

9 aplicativos que te ensinam idiomas pelo Smartphone

Se uma de suas promessas de Ano Novo foi começar a estudar inglês, mas ainda não tem grana para investir em um curso de idiomas, podemos te ajudar. Já pensou em estudar English através do seu smartphone, em qualquer lugar?

Atualmente, graças à variedade e simplicidade dos aplicativos, adquirir conhecimentos de línguas estrangeiras – principalmente o inglês – e de maneira gratuita está cada vez mais fácil.

Look, não estamos te dizendo para largar seu curso e se tornar autodidata! Esses APPs são uma ferramenta excelente tanto para o primeiro contato com algum idioma, quanto para complementar os estudos de um curso tradicional. Muitas pessoas conseguem, só por utilizarem tais programas, dar um grande salto no seu nível de inglês!

Listamos abaixo nossos 9 aplicativos gratuitos prediletos – existem uma infinidade de outros semelhantes – disponíveis tanto para Android quanto para iOS, em ordem de nossa preferência:

1. Duolingo

O APP #1, o mais famoso e queridinho dos alunos é o Duolingo. As lições são apresentadas em um modelo de metas diárias, que você mesmo define de acordo com a disponibilidade, e isso faz com o que o usuário tenha de completar seus exercícios com frequência. Caso não o faça, o usuário terá de revisar as lições concluídas antes, para não esquecer o conteúdo aprendido – tal fato faz algumas pessoas o acharem um pouco cansativo e repetitivo. Terminando determinado número de lições, o aprendiz ganha níveis dentro do programa. Os tipos de atividades existentes são: ordenar palavras, tradução, escutar e falar frases e palavras. Tem um visual bastante descontraído e de fácil utilização.

2. ABA English

O programa, desenvolvido pela Academia Britânica e Americana (ABA), engloba fala, compreensão de áudios, escrita e vocabulário. Seu uso é bastante simples, tem design limpo e navegação intuitiva. Suas 24 lições respeitam uma ordem de progresso de oito passos, necessária para o aprendizado total. Cada lição se baseia em um pequeno filme que contextualiza certo assunto. Existe uma seção para se interpretar: você escolhe um dos personagens do filme e simula uma conversa com o outro personagem, gravando a própria voz e comparando com o áudio original. Depois, o usuário ouve uma frase ou trecho do filme e escreve logo em seguida o que escutou. Também é possível assistir as vídeo-aulas, legendadas em inglês, que explicam o item gramatical da lição. Por fim, exercícios simples em cada unidade para se praticar o que foi trabalhado na vídeo-aula. Outra excelente vantagem é que oferece um professor particular para tirar as dúvidas que surgirem. O único ponto ruim é a necessidade de pagar para ter acesso a todas as aulas, pois o aplicativo libera apenas uma lição de cada nível na versão gratuita. Porém, o investimento – cerca de R$24 mensais – é válido para quem não tem tempo de fazer aulas presenciais. Ainda sim, é possível assistir às vídeo-aulas das outras lições sem compromisso, somente para treinar o listening.

3. LinguaLeo

De origem russa, o LinguaLeo mais parece um game que um curso: seu usuário seleciona o nível que deseja e aprende inglês em jogos com o mascote do APP. Pela estética e leveza do método, é excelente para crianças. Tem uma proposta muito interessante, toda baseada no estudo de vocabulário: é possível adicionar palavras que deseja estudar, criando uma espécie de glossário. Além disso, há opções de vídeos legendados (por exemplo, TED Talks), em que o usuário deve clicar na legenda para ver sua definições. A maior desvantagem é estar disponível só para inglês. Também apresenta algo estranho: textos do escritor americano Edgar Allan Poe (autor de histórias de mistério e horror) na seção de “inglês para o dia a dia”…

4. Babbel

Sua proposta é ótima: traz situações do cotidiano, contém imagens e áudio, e usa a captação de voz para avaliar a pronúncia. Suas lições começam devagar, ensinando o básico (palavras como “sim”, “não”, “obrigado”) e, ao final, novas palavras são inseridas em diálogos. Algo interessante: são mostradas as diferenças entre palavras, como o uso do ‘tu’ e ‘vous’ no francês (o primeiro é informal e o segundo, formal). Contudo, só tem aulas de demonstração: se o aluno quiser seguir com os estudos, precisa pagar. Outro problema: cada idioma tem um APP específico – não é como baixar um único aplicativo e depois selecionar a língua. Também disponível nos seguintes idiomas: espanhol, polonês, holandês, indonésio, turco, dinamarquês, francês, alemão, italiano, português, sueco, norueguês, russo.

5. Mondly

Muito bem avaliado pelos usuários, esse aplicativo é totalmente aplicado à prática oral, ensinando com base em frases e tradução: para aprender as palavras ‘salada’, deve-se aprender a dizer ‘eu quero uma salada’. Além disso, antes de começar uma nova lição, é preciso relembrar o que se aprendeu na anterior. Algo impressionante: tem versões em 35 línguas, como francês, espanhol, inglês, finlandês, vietnamita, húngaro, dentre outras! Seu maior problema é não fazer a avaliação da pronúncia…

6. Busuu

Seu diferencial é que se assemelha a uma rede social. Com recursos audiovisuais, o aplicativo apresenta lições e permite a interação entre falantes de línguas diferentes. Primeiro, o usuário aprende o vocabulário (escrita e pronúncia), depois deve completar exercícios que incluem diálogos com frases completas. Ao acertar esses exercícios, o aprendiz acumula pontos e estes liberam as próximas lições. Seu único defeito é ter propagandas no meio da versão grátis, mas elas não atrapalham o andamento das aulas. Possui os cursos de português, inglês, francês, espanhol, alemão, chinês, japonês, italiano, russo, árabe, polonês e turco.

7. Beelingo

Este aplicativo consegue transformar o ensino do idioma literalmente em brincadeira: suas ferramentas incluem audio books, jogo da forca, jogos com gramática e até um dicionário. O único problema é ser todo em inglês, então é preciso ter uma noção básica da língua para poder utilizá-lo.

8. Tandem

Parece muito promissor, pois se trata de uma comunidade de aprendizado de línguas: o usuário faz um cadastro e responde a perguntas sobre seus hábitos, como suas metas e os assuntos sobre os quais gosta de conversar. Com tais informações, o programa para ele encontra um parceiro de aprendizado, alguém que fala a língua que se deseja aprender e este irá ensiná-la.

9. Easy Ten

Sua proposta é bastante simples: o objetivo do usuário é memorizar 10 palavras de vocabulário por dia. Cria ainda uma espécie de competição entre praticantes, para definir quem acerta e memoriza mais palavras. Sua desvantagem é não tornar possível montar frases completas e complexas só com base no vocabulário – por isso, funciona melhor como um complemento de um estudo tradicional. Disponível em inglês, espanhol, francês, alemão, italiano e russo.

 


Fontes:
http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2017/09/18/1155792/aplicativos-ensinam-idiomas-smartphone.html
http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,12-apps-gratis-para-aprender-idiomas,1702051

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s